Monthly Archives: Novembro 2011

Encontro sobre Paleontologia e Arqueologia na Bacia Lusitânica

Do Mondego ao Espichel: Encontro sobre Paleontologia e Arqueologia na Bacia Lusitânica

16 e 17 de dezembro de 2011

Este encontro dedicado à paleontologia e à arqueologia da área geográfica que vai desde o Cabo Mondego ao Cabo Espichel, englobando as regiões da Estremadura, Beira Litoral e parte do Ribatejo, corresponde, de grosso modo, à grande unidade geológica, denominada “Bacia Lusitânica”.

Organizado pelo Centro Português de Geo-História e Pré-História, no Museu Nacional de Arqueologia, este encontro enquadra-se nas actividades desenvolvidas no âmbito da exposição “Um Olhar Sobre a Pré-História do Espichel”, patente neste Museu até Janeiro de 2012.

Pretende também ampliar o conhecimento e a divulgação da paleontologia e da arqueologia desta região de Portugal. De facto, esta área geográfica integra um vasto leque de zonas que guardam um património de grande valor geológico, paleontológico e arqueológico: aqui temos a ocorrência, por exemplo, de vestígios de dinossauros, nas formações mesozóicas, de mastodontes, de crocodilos, de tubarões e de outros vertebrados do Miocénico e de elefantes, do Pleistocénico. A nível arqueológico há a destacar os vestígios da ocupação humana, que vem desde o Paleolítico à época histórica.

Programa provisório

Dia 16 – Sexta-Feira

14.00 – Entrega de Documentação
14.30 – Sessão de Abertura
15.00 – I Sessão
16.00 – Pausa para café
16.15 – II Sessão
17.30 – Discussão

Dia 17 – Sábado

10.00 – III Sessão
11.15 – Pausa para café
11.30 – IV Sessão
12.45 – Discussão
13.00 – Almoço (livre)
14.30 – V Sessão
15.45 – Pausa para café
16.00 – VI Sessão
17.15 – Discussão
17.45 – Sessão de Encerramento

Local:
Museu Nacional de Arqueologia
Praça do Império, Lisboa

Inscrições:
Telm: 933 597 497 / 962 997 654 / 213 620 000
geral@cpgp.org / cpgp@clix.pt

Preços:

  • Sócios do CPGP / Estudantes: €20 (c/comunicação: €15)
  • Público em geral: €35 (c/ comunicação: €25)
  • Inscrições depois do dia 10 de Dezembro, acrescem 50%.

Ficheiro de apoio:

Anúncios

IV Jornadas do Quaternário – alterações ambientais e interacção humana na fachada atlântica ocidental

Alterações ambientais e interacção humana na fachada atlântica ocidental

Coimbra, 9 – 10 de dezembro 2011

Anfiteatro II, Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra

Organização:

  • APEQ – Associação Portuguesa para o Estudo do Quaternário
  • CEGOT – Centro de Estudos em Geografia e Ordenamento do Território
  • CITCEM – Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória
  • CGUP/UM – Centro de Geologia da Universidade do Porto/UM
  • CCT/UM – Centro de Ciências da Terra da Universidade do Minho.

Contactos:
apeq.estudosdoquaternario@gmail.com
http://apeqestudosdoquaternario.wordpress.com

DIA 9
Abertura do Congresso

CONFERÊNCIA

09.30: Philippa Ascough (Scottish Universities Environmental Research Centre – SUERC, University of Glasgow)
Marine Reservoir Effects: problems and prospects for radiocarbon dating

COMUNICAÇÕES

António Monge Soares; Ana Ramos Pereira; J.M. Matos Martins & P. J. Portela
Radiocarbon dating of aeolianite formation

João Pedro Cunha Ribeiro
Ocupações humanas na bacia do rio Lis no Plistocénico médio. Dos distintos contextos e registos à identificação de diferentes estratégias de ocupação do território e de exploração dos recursos naturais

Sérgio Monteiro-Rodrigues
Novos elementos para o estudo da ocupação humana plistocénica no litoral de Vila Nova de Gaia, Norte de Portugal

Pedro P. Cunha, Anabela M. Ramos, Lúcio S. Cunha, Alberto Gomes, Fernando C. Lopes, Jan-Pieter Buylaert & Andrew S. Murray
Geomorphological and sedimentological characterisation of the Mondego river terraces at Maiorca-Vila Verde area (Portugal)

Leandro Infantini
Utilização de ferramentas SIG para o estudo da morfologia submersa da Baía de Armação de Pêra (Algarve)

Luca Antonio Dimuccio; Jorge Dinis; Thierry Aubry; Miguel Almeida & Lúcio Cunha
Late Pleistocene millennial-scale palaeoclimatic fluctuations from the continental record of Central-Western Portugal

CONFERÊNCIA

15.00: Aaron Potito (National University of Ireland, Galway)
Reconstructing the past to inform the present: palaeoenvironmental perspectives on environmental chang

COMUNICAÇÕES

Luis Gómez-Orellana ; Pablo Ramil Rego & Castor Muñoz Sobrino
The landscapes of the MIS-3 in the lowlands close to the sea of NW Iberia

Luis Gómez-Orellana; P. Ramil Rego & Castor Muñoz Sobrino
Refuges for temperate deciduous trees in the litoral area from NW Iberia during the last glacial period

S . Gomes; S., Connor; M. C. Freitas; C. Andrade; F. Naughton & A. Cruces
A análise polínica do Poço do Pinheirinho: um registo interglacial ou interestadial na costa alentejana?

Apresentação do Livro
Variações Paleoambientais e Evolução Antrópica no Quaternário do Ocidente Peninsular Braga: Associação Portuguesa para o Estudo do Quaternário – APEQ e Centro de Investigação Transdisciplinar. Cultura, Espaço e Memória – CITCEM/UM
Orador convidado: João Luís Cardoso (Universidade Aberta)

Comunicações

C. Muñoz Sobrino; Luis Gómez-Orellana& Pablo Ramil-Rego
Environmental changes in the westernmost extreme of the Cantabrian range during the postglacial period

Randi Danielsen; Ana Castilho; Pedro Dinis; Pedro Callapez & António Campar de Almeida
The central Portuguese littoral – 5000 years of change. A case study from the Quiaios – Tocha dunes

DIA 10

CONFERÊNCIA

09.15: António Martínez Cortizas (University of Santiago de Compostela)
The role of palaeoenvironmental research in deciphering Holocene human impacts.

COMUNICAÇÕES

João Araújo & Simon Connor
Holocene fire and vegetation interactions in the Serra da Estrela (Portugal)

Manuela Costa-Casais, Antonio Martínez-Cortizas, Maria Isabel Caetano Alves & Felipe Criado-Boado
Reconstructing Holocene evolution in the archaelogical site of Campo Lameiro (NW Spain): an interdisciplinary approach to geoarchaeology

Nuno Inácio, Francisco Nocete, José Miguel Nieto, Joaquín Delgado, Thomasz Boski, Moisés R. Bayona & Daniel Abril
Impacto ambiental da primeira mineração e da metalurgia especializada no Sudoeste da Península Ibérica

T. Boski, J. Delgado, J. M. Nieto, Laura Pereira, D. Moura, Paulo Santana
SW Iberia Sea – Level rise curve and antropogenic activities Inferred from the Postglacial sedimentary infill of Guadiana estuary

Patrícia Amador Poeira dos Santos Jordão
Modelo de gestão e circulação de sílex há 5000 BP na faixa litoral entre Nazaré e Peniche (Estremadura Portuguesa)

Manuel Rey García & Xosé Ignacio Vilaseco Vázquez
Guidoiro Areoso. Necrópole megalítica e asentamento pré-histórico na ria de Arousa (Pontevedra, NW Espanha)

João Tereso & Pablo Ramil Rego
As estratégias agrícolas no Bronze Final e na Idade do Ferro do Noroeste Peninsular e a sua relação com as dinâmicas de povoamento e as condicionantes ambientais

Cleia Detry
Questões sobre a influência ambiental e humana nos moluscos do Monte Molião (Lagos, Portugal)

APRESENTAÇÃO DA REVISTA
Estudos do Quaternário nº 6
Oradora convidada: Raquel Vilaça (Universidade de Coimbra)

CONFERÊNCIA

Joanna Marie Nield (School of Physical Geography at the University of Southampton)
The influence of climatic conditions on vegetated aeolian dune landscape evolution

COMUNICAÇÕES

M. Assunção Araújo & Manuel João Abrunhosa
Aspetos geológicos e geomorfológicos da orla costeira de Labruge (Vila do Conde, NW de Portugal)

A. Cruces, J. C. Quaresma, M. C. Freitas, C. Andrade, T. Ferreira & M. F. Araújo
Evidências geológicas e arqueológicas para a transição climática entre o Período Quente Romano e o “Período das Trevas” no SW alentejano (Portugal)

J.A. Santos; L. J. Cunha & C. E. Cordova
Distinguishing lodgment till from melt-out till using till fabric and grain size analysis: a case study in Portage Glacier Little Ice Age moraines, South-Central Alaska

José Nunes André & Maria de Fátima Neves Cordeiro
Alteração da linha de costa Cabo Mondego – S. Pedro de Moel após o prolongamento do molhe Norte do Rio Mondego

Delminda S. Moura, S. Gabriel & A. Gomes
Nível médio relativo do mar vs. linha de costa

POSTERS

Giuseppe Stella; Pedro P. Cunha; Miguel Almeida & António A. Martins
Potential applications in Quaternary Research of the Luminescence Dating provided by the iDryas project

Olívia Figueiredo
As práticas funerárias nos concheiros de Muge (Portugal): estado da questão

Rita Dias; João Cascalheira; Célia Gonçalves; Cleia Detry & Bicho, Nuno
Preliminary analysis of the spatial relationships between faunal and lithic remains on the Mesolithic shelmidden of Cabeço da Amoreira (Muge, Portugal)

Rita Dias & Célia Gonçalves
Influência das transições ambientais e climáticas na exploração dos recursos aquáticos: a transição Epipaleolítico-Mesolítico no Vale do Tejo, Portugal

Ana Gomes; T. Boski & D. Moura
Diatomáceas como uma potencial ferramenta para reconstituições paleoecológicas

Patrícia Diogo Monteiro
Estudos antracológicos sobre contextos arqueológicos do Paleolítico e Mesolítico em Portugal: estado da questão

María Martin Seijo, Ana M. S. Bettencourt & Emílio Abad-Vidal
A exploração dos recursos florestais no III e II milénios AC na fachada ocidental do Noroeste da Península Ibérica: territórios e cadeia técnica-operativa

A. Trindade; G. Vieira & C. Schaefer
Micromorphology of relict slope deposits from Serra da Estrela (Portugal): first results

Khalid El Khalidi; Bendahhou Zourarah & Ahmed Aajjane
Contribution of historical aerial photographs in the study of the land use: spatio-temporal changes in the southern Doukkala coast for the period between 1954 and 2006 (Moroccan Atlantic coast)

P.A. Dinis; L. S. Silva; J. Huvi; J. M. Dinis & P. P. Cunha
Modelo de evolução recente dos deltas do Catumbela e Cavaco baseado em aspectos morfológicos (região de Benguela, Angola)

M. Kalesso; A. Gomes & P. P. Cunha
Interpretação geomorfológica da área do Lubango, Angola: exploração dos dados altimétricos da missão SRTM

Inscrição

  • Sócios da APEQ (quotas em dia) – 40€;
  • Estudantes – 40€;
  • Outros – 120€.

Ficheiros de Apoio:

Programas Educativos do Geopark Naturtejo do Ano Lectivo 2011/2012

O Geopark Naturtejo, pelo quinto Ano Lectivo consecutivo, apresenta aos professores, educadores e animadores os seus Programas Educativos destinados a Instituições de Ensino. Nestes quatro anos participaram, neles, no total, 15 312 alunos e professores das escolas do Geopark, de outras Portuguesas e de 4 países estrangeiros.

O Guia que aqui divulgamos leva as propostas do Ano Lectivo 2011/2012 até aos docentes portugueses (e não só…).

Pretende-se contribuir para a divulgação, valorização e conservação do Património Natural e Cultural do Geopark Naturtejo, bem como para o desenvolvimento sustentável do seu território, em particular e do Planeta Terra, em geral.

Ao longo destes anos o Geopark tem contribuído para a optimização do processo ensino-aprendizagem em temáticas de disciplinas tais como Geociências, Ciências Naturais, Conservação da Natureza, Marketing, Geografia, Turismo de Natureza, Desenvolvimento Rural, História, Educação Física, Áreas Protegidas, Ordenamento do Território, Geoconservação, entre outras.

As actividades propostas consistem na dinamização de aulas na escola (aulas pré-campo), aulas de campo com visita a geomonumentos (por vezes integrados em percursos pedestres) e a espaços museológicos, workshops, ateliês, exposições e concursos. Algumas destas actividades integram-se na comemoração de dias temáticos, na Semana dos Geoparques Europeus e em Projectos anuais concebidos em conjunto com as escolas.

As grandes novidades do Ano Lectivo 2011/2012 são as actividades criadas no âmbito da exposição “Quando a gente andava ao menério” e duas novas saídas de campo, designadamente, “As andanças do granito talhado p’los Canteiros de Alcains” e “Conservação da Natureza no PNTI – o caso do Monte Barata”.

As informações detalhadas sobre cada uma das actividades dos Programas Educativos podem ainda ser consultadas no website da “GEONATURescola” (www.geonaturescola.com), dedicado aos Programas Educativos e Geodivertidos do Geopark Naturtejo. Este website criado em Fevereiro de 2011 conta já com mais de 5000 visitantes. Nele se encontram disponíveis Guiões do Professor, materiais bibliográficos de apoio, e serão adicionados ao longo do ano lectivo novos recursos didácticos.

A equipa do Geopark aguarda o vosso contacto e participação activa nos Programas Educativos, para juntos contribuirmos para uma Terra melhor! Desafiem-os…!

Ficheiro de Apoio: Programas Educativos 2012/2012 (pdf)

Exposição em Évora: Fósseis e Rochas – Um Património do Tempo

Material de apoio para o teste de CN

A matéria lecionada e que será alvo de avaliação no teste de Ciências Naturais das minhas turmas de 7º Ano está no seu manual entre as páginas 12 e 45.

Como material de apoio para o teste, aqui ficam o que disponibilizo no nosso Blog: