Monthly Archives: Março 2011

Uma mensagem para as Escolas que (ainda) não pararam a ADD

Medos, Abusos, Paralisias

É certo: antes de crismado em letra de imprensa no Diário da Santa República, nada entre nós tem forma de existência.
Depois, também não, caso desinteresse. Tipo pacotes para a corrupção, criação de grupos de trabalho para fiscalização das contas públicas, leis que incomodem a mobilidade de milhões.
Mas não vem ao caso.
O que aqui interessa é que a suspensão deste modelo de ADD foi decidida no Parlamento.
O Presidente já mandou saber de forma indirecta que não vetará.
A Assembleia da República, prestes a ser dissolvida, não vai mudar a sua decisão. Nem deverá haver grande tempo (útil ou inútil) para qualquer decisão do Tribunal Constitucional sobre isto, a eventual pedido do grupo parlamentar do PS.
Portanto, e atendendo que as próprias progressões na carreira estão congeladas, todos os procedimentos relativos à ADD, estando ainda tecnicamente em vigor, estão na prática destinados a ser procedimentos sem sentido.
Aconselharia um mínimo de bom senso, que os actores em presença, em especial os que têm poder de decisão, decretassem uma espécie de suspensão preventiva da doideira.
Mas há quem goste de massacrar até ao último minuto.
Quem não goste de dar o braço a torcer. Fazem bem. Ficam é depois extraordinariamente bem perante os colegas que, muitos deles, infelizmente, também parecem estar tolhidos ainda pela paralisia e o medo de defenderem o seu direito a não serem tratados como carne para canhão.
in A Educação do meu Umbigopost de Paulo Guinote

Formação em Aveiro – Educação Ambiental para a Sustentabilidade: APRENDER FORA DE PORTAS

CURSO DE FORMAÇÃO

Educação Ambiental para a Sustentabilidade: Aprender fora de portas

Aveiro

1 a 30 de Abril de 2011

DESTINATÁRIOS: Educadores do Ensino pré-escolar e Professores dos 1º, 2º e 3º ciclos do Ensino Básico e Ensino Secundário (Nº Participantes: 25)

CONTEÚDOS:

  • Expressividade na Natureza
  • Arte e Ambiente
  • Alterações Climáticas e Paleobiodiversidade
  • Educação Ambiental para a Sustentabilidade
  • Reabilitação de Rios
  • Princípios e Valores para a Sustentabilidade
  • Educação para a Cidadania
  • Educação Ambiental em contexto da Floresta

METODOLOGIA
As metodologias de trabalho ao longo da acção baseiam-se,
fundamentalmente, em:

  • Discussão/reflexão em cada uma das sessões;
  • Actividades de cariz prático, nomeadamente nas oficinas, jogos ambientais e cooperativos;
  • Desenvolvimento de propostas de abordagem das actividades em contextos diferentes;
  • Reflexão crítica sobre as actividades desenvolvidas e sobre a sua utilização pedagógica.

CRONOGRAMA

  • Dia 01 Abril (6ªfeira) – 18:00h às 21:30h (3:30 horas)
  • Dia 02 Abril (Sábado) – 09:00h às 13:00h (4:00 horas)
  • Dia 29 Abril (6ª feira) – 18:00 às 21:30 (3:30 horas)
  • Dia 30 Abril (Sábado) – 09:00h às 13:00h (4:00 horas)

TOTAL: 15 horas = 0,6 créditos

Acreditação n.º CCPFC/ACC-65169/10

FORMADORES: Márcia Moreno, Manuela Galante e Raquel Lopes

LOCAL: Departamento de Educação da Universidade de Aveiro

INSCRIÇÕES: ASPEA – Associação Portuguesa de Educação Ambiental
Delegação Aveiro – Email: del.aveiro@aspea.org Tlm: 916 635 638

SÓCIOS: 30 euros; NÃO SÓCIOS: 35 euros

PAGAMENTO NO ACTO DA INSCRIÇÃO:

  • por cheque à ordem de ASPEA e enviar para Rua Homem Cristo Filho, nº 29, 1ºE, 3810-120 AVEIRO
  • por transferência bancária, para o NIB: 00 33 0000 000 212 097 3005, com indicação Curso de Formação – Educação Ambiental para a Sustentabilidade – APRENDER FORA DE PORTAS e enviar confirmativo para a morada supra, ou por e-mail para del.aveiro@aspea.org

MATERIAL DE APOIO:

II Passeio Pedestre Nos Trilhos da Raposa

As Grutas da Moeda/ Centro de Interpretação Científico – ambiental convidam-no a fazer o 2.º Passeio Pedestre “Nos Trilhos da Raposa”, que acontece no Domingo, dia 17 de Abril.

Junte-se a nós e deixe- se deslumbrar pela belíssima paisagem cársica do Planalto de S. Mamede, onde pode observar os moinhos de pedra – testemunhos do património cultural das gentes desta zona, e ainda as mais diversas e emblemáticas formações calcárias, como as dolinas, os algares ou os campos de lápias! Um verdadeiro “reino de pedra”.

O dia começa bem cedo, com a concentração marcada para as 8h30 no Largo das Grutas da Moeda. Veja aqui o programa:

8h30 – Concentração no Largo das Grutas da Moeda.
Duração do Percurso: 4 horas.
Grau de dificuldade: médio.
Almoço típico, num Restaurante da região.
Após o almoço, segue-se uma visita gratuita ao Centro de Interpretação Científico – ambiental.

Observações: Preço inclui também um _kit_ com t-shirt e água,
estando previsto um reforço de água a meio do trajecto.
Seguro de acidentes pessoais incluído.

Aberto a pessoas com mais de 8 anos. Aconselhamos a levar mochila e o uso de roupa e calçado confortável.

INSCRIÇÕES ABERTAS ATÉ DIA 13 DE ABRIL: info@grutasmoeda.com ou pelo telefone 244 704 302.

 

NOTA: O preço pela actividade é de 16 euros por pessoa. Inclui o passeio pedestre de 11 km com guia, entrega de t-shirt e água no inicio do percurso, reforço de água e bolo tradicional da região a meio do trajecto. Inclui almoço típico num Restaurante e seguro de acidentes pessoal.

Sismograma – Geofone de Évora

Aqui fica o sismograma obtido pelo geofone de Évora:

Sismo no Algarve

O Instituto de Meteorologia informa que no dia 26-03-2011 pelas 07.36 (hora local) foi registado nas estações da Rede Sísmica do Continente, um sismo de magnitude 4.0 (Richter) e cujo epicentro se localizou a cerca de 12 km a Norte-Nordeste de Silves.

Este sismo, de acordo com a informação disponível até ao momento, não causou danos pessoais ou materiais e foi sentido com intensidade máxima IV (escala de Mercalli modificada) nas regiões de Monchique, Silves, Albufeira e Lagoa. Foi ainda sentido com menor intensidade noutros locais do Algarve e Alentejo.

Se a situação o justificar serão emitidos novos comunicados. Sugere-se o acompanhamento da evolução da situação através da página do IM na Internet (www.meteo.pt) e a obtenção de eventuais recomendações junto da Autoridade Nacional de Protecção Civil (www.prociv.pt).

A Sílica e a Idade da Pedra – Conferência em Vila Real

Ciclo de Conferências

COMEMORAÇÃO DOS 25 ANOS DO MUSEU DE GEOLOGIA DA UTAD

A sétima conferência deste ciclo debruça-se sobre:

A Sílica e a Idade da Pedra

Prof. Pierluigi Rosina

Escola Superior de Tecnologia do Instituto Politécnico de Tomar

Local: Auditório de Geociências – UTAD

Data: 6 de Abril de 2011

Horário: 15.00 horas

 

Organização

Departamento de Geologia da UTAD

Museu de Geologia Fernando Real – UTAD

Actividade na UTAD – Aprender Arqueologia com o Andakatu‏

http://www.utad.pt/pt/eventos/jornadas/index.html